Politica

28/07/2022 11:33

CHAPA DE OPOSIÇÃO Senador diz que Emanuel não tem 'moral' para discutir candidatura ao governo

Fonte: GD

O presidente estadual do União Brasil, senador Fábio Garcia, disse que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) não tem “condição moral” para liderar a construção de um projeto de oposição ao governo do Estado.


Ao deixar o Palácio Paiaguás nesta quarta-feira (27), o parlamentar recordou os escândalos de corrupção investigados na Prefeitura de Cuiabá e criticou o chefe do Palácio Alencastro. “No meu ponto de vista, eu acredito que o prefeito Emanuel Pinheiro não tem condição moral de liderar um projeto político para governar o Estado de Mato Grosso”, iniciou.

O posicionamento de Fábio Garcia foi reiterado nesta quarta, após o prefeito cuiabano anunciar que a sua esposa, a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), foi convidada a ser candidata ao governo pela federação partidária formada pelo PT, PV e PC do B.


No processo eleitoral deste ano, Emanuel tem sido um dos principais articuladores de um projeto de oposição contra o governador Mauro Mendes, que é seu desafeto político e buscará a reeleição pelo União Brasil em Mato Grosso.


Por sua vez, Garcia alfinetou Emanuel relembrando que o próprio gestor, assim como seus ex-secretários da gestão já foram afastados pela polícia por suspeita de desvios de recursos públicos.


“Ele tem uma administração que talvez seja com mais casos de corrupção da história de Cuiabá, 7 secretários presos ou afastados, ele próprio afastado por aparelhar a saúde, fora o caso do dinheiro do paletó. Então não vejo que ele tenha moral para fazer uma construção para Mato Grosso”, finalizou.


Copyright  - Batatinha News  - Todos os direitos reservados


Plantão

Fone (65)99971-1708