Cidades

27/07/2022 15:42

FALTA DE REMÉDIOS E ESTRUTURA Vereador denuncia problemas em canil da prefeitura; veja vídeo do local

Fonte: GD

O vereador por Cuiabá Diego Guimarães (Republicanos) divulgou vídeo em que mostra falta de remédios, medicamentos vencidos, sacrifício de animais sem diagnóstico prévio e descaso com a infraestrutura do Canil gerido pela Diretoria de Bem-Estar Animal de Cuiabá, vinculada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano.

No vídeo, o vereador verifica junto a profissionais que trabalham no espaço que há problemas estruturais na unidade. Em um dado momento da gravação, uma das funcionárias aponta que um portão não foi instalado no local por "falta de vontade" do poder público.

 

Durante a fiscalização, é mostrada também uma sala na qual ficam armazenados todos os medicamentos destinados à unidade. A baixa quantidade de remédios é destacada pelo vereador, que mostra ainda alguns fármacos que passaram do prazo de validade.

Em outro momento, uma das pessoa que acompanha a visita do parlamentar mostra um monte de entulhos no local. No vídeo, a mulher destaca que diversos ofícios já foram feitos para manutenção do espaço, mas sem qualquer tipo de resposta por parte do poder público.

 

Além dos problemas estruturais e da falta de remédios, também é apontado que cães da unidade também são sacrificados mesmo sem a confirmação de que tem doença grave. A falta de vacinação é mais um dos fatores destacados na gravação, o que coloca os animais em situação de risco nos casos de viroses.

 

A reportagem entrou em contato com a comunicação da Secretaria de Meio Ambiente sobre a demanda, que se manifestou por meio de nota alegando que são irresponsáveis e levianas as informações prestadas pelo vereador.

 

A pasta alegou que os cães submetidos à eutanásia na unidade testaram positivo para leishmaniose, o que justificaria a ação. Além disso, conforme a Secretaria, os remédios vencidos destacados estavam separados para descarte adequado.

 

Confira a nota na íntegra a seguir

- São irresponsáveis e levianas as informações propagadas de que animais são eutanasiados de forma criminosa e deliberada no canil administrado via Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável (SMADESS), via Diretoria de Bem-Estar Animal (DBEA);

 

- Com relação aos animais em óbito, acomodados em uma câmara fria, é necessário explicar que trata-se de um procedimento padrão, atendendo as regras sanitárias, por meio do descarte adequado. O procedimento é realizado via empresa terceirizada, a qual realiza a remoção periodicamente, conforme a demanda;  

 

- Recentemente, a Diretoria de Bem-Estar solicitou a testagem em massa dos 27 animais atualmente alocados no abrigo, a fim de constatação do real quadro clínico de cada um, bem como a presença de enfermidades infectocontagiosas, que colocam em risco à saúde pública;

 

- Desse total, seis animais apresentaram resultados positivos para leishmaniose. Atendendo à Lei Federal nº 14.228/21, a eutanásia é utilizada para amenizar o sofrimento do animal em estágio avançado da doença. A legislação prevê que fica vedada a eliminação da vida de cães e gatos, exceto, em casos de eutanásias, oriundos de doenças graves incuráveis que colocam em risco a saúde humana e de outros animais;

 

-  A  respeito de  remédios de uso veterinário com data de validade expirada (que já estavam acondicionados para o descarte em uma caixa de isopor), permanecem à disposição para posto de coleta especializados pelo recebimento deste tipo de material;

 

- Sobre o pátio, utilizado para concessão do procedimento denominado banho de sol dos pets, a Empresa Cuiabana de Serviços Urbanos (Limpurb) enviou,  na tarde de hoje (26), um diretor-técnico de limpeza para adoção das medidas cabíveis.

 

- Por fim, salienta que os demais animais permanecem em boas condições de saúde para receber um novo lar, sem quaisquer intercorrências. Centro Controle de Zoonoses (CCZ)

 

- Atinente às ambulâncias estacionadas no pátio da unidade, externa que os veículos estão no local aguardando posteriores decisões do município e não oferecem riscos ao desempenho das atividades e tampouco, encontram-se irregulares;

 

- Já sobre a aplicação de vacinas antirrábicas, o CCZ assegura que os imunizantes estão sendo aplicados normalmente e o abastecimento dos estoque mantêm-se em dia, à disposição dos munícipes interessados.

 

- Por fim, a Prefeitura de Cuiabá reitera o seu compromisso com à causa animal e lisura à administração de recursos públicos. Nesse sentido, após receber denúncias por meio da Ouvidoria Geral, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável requereu à Secretaria de Governo - há cerca de trinta dias -  auditoria perante à Diretoria de Bem Estar e também no Centro de Controle de Zoonoses versando a garantia de transparência  pela gestão.

 

Veja vídeo divulgado pelo vereador


Copyright  - Batatinha News  - Todos os direitos reservados


Plantão

Fone (65)99971-1708